1 de jun de 2010

CANTO DOS AMIGOS

Cena de um dia de outono

Heal The World , Make It A Better Place ,For You And For Me And The Entire Human Race ,There Are People Dying ,If You Care Enough ,For The Living ,Make A Better Place For You And For Me
(Michael Jackson)

Hoje pela manhã lá pelas 8h, indo para o trabalho, ouvia a rádio JB que tocava “Heal the World”. No caminho para a Barra assisti uma cena que preferia não ter visto, pois nossa ancestral culpa cristã ocidental se agitou. Uma família, mãe, pai e um menino de uns 6 anos, revolviam alegremente todos os containers laranja de lixo deixados na calçada.
Sim, faziam isto com alegria, separando algumas latas, vidros, papelão, e quem sabe algo que talvez ainda desse para consumir. Lembrei-me de um curta antigo “Rio das Flores” que traçava a trajetória de um tomate da sua colheita até o seu consumo ou uso final.
Fiquei com vergonha de ter olhado esta cena, invadindo a intimidade desta família, ouvindo a música como contraponto absurdo sob um sol ainda tímido deste outono.
O menino realmente se divertia, ajudando aos pais a colocar num grande saco preto os objetos que iriam para algum sucateiro da região.
Perto dali 2 porcos (eu juro) competiam com os ditos humanos, também resgatando alguma coisa aproveitável no lixo espalhado. Lembrei de cenas da Idade Média numa Europa cercada de sujeira, mas retornei ao real e vi que estava na Barra da Tijuca em 2010.
Ao redor do lixo, voavam moscas, certamente alguns mosquitos da dengue, e principalmente minha tristeza e decepção com tudo.
O trânsito voltou a fluir e esta cena ficou apenas no retrovisor do carro e na alma.

João Siqueira

Um comentário:

  1. belo resumo de um tragico cenario do cotidiano.
    parabens

    ResponderExcluir