29 de abr de 2010

PRECE



Todos sabem que estou à caça
Quando é lua cheia
Uivo, uivo muito.
É meu apogeu, as pessoas me ouvem ao longe
A lua me ilumina, é meu fio condutor.
Conheço-a como conheço a mim
Todas as etapas: amanheço, entardeço, anoiteço,
tenho a lua em mim.
É através da lua que te enxergo
uma criança ainda
Vamos brincar?
Rasga tua roupa
Vamos brincar de médico
Como quando éramos crianças
Me convida pra dançar
Finge que você é criança
de novo
Vem ser criança em mim
Pula! Pula! Mostra que você
me ama ainda
Que você nunca deixou de me amar
Sua boca suculenta
Úmida
Oferece-se
como uma fruta recém colhida
Sua boca é a polpa da fruta e oferece-se como tal
De novo
Não peça que eu faça sentido
Não peça que seja assim
Não mude nada
Você tem a lua também
Que sorte! Por sermos os dois
Iluminados
Deus salva-me de seus braços
Ou
Faça que eu me acabe neles
Para sempre...

Um comentário:

  1. Irresistivelmente sensual Isabela Franco

    ResponderExcluir