25 de mar de 2010

ALMA SOLITÁRIA

Vago pelas ruas
Sem esperança
Solidão irredutível
Onde ele estará?
Onde eu estou?
Não saber...
Melhor assim
Cegamente.
Esbarro em todos
Será de propósito?
Caguei.
Frio na medula
Vapt, vupt
E tudo acabaria
Esta agonia
Este medo
Sair correndo daqui
Fazer isso enquanto
Ainda dá
Qualidade de ser
Humano

Um comentário:

  1. JORGE MÉDICI DE ARAUJO27 de março de 2010 13:14

    Rosário, legal poder ler seus escritos, tudo que demonstra a sua "Qualidade de ser/Humano".
    Já virei seu fã!!!!! Beijos!

    ResponderExcluir