22 de fev de 2010

MARCADOS PARA VIVER



Este é um trecho do filme “Marcados para viver”, estreado em 1976, no qual fui roteirista, produtora e diretora e através do qual tive a imensa honra de alcançar o ‘título’ de primeira mulher brasileira a produzir um filme que chegou a Cannes, tendo chegado também ao Women`s Wer Festival, em NY. Com ele também fui muito feliz ao ganhar prêmios sendo o mais importante deles o de revelação como direção através da Crítica de São Paulo, pelo grande e saudoso Paulo Emílio Salles Gomes, o então presidente.

Mas, sobretudo pelo enredo do filme, que acredito que traga uma série de temas sociais, infelizmente, ainda e cada vez mais agudamente presentes na realidade do nosso país, como é a questão do individualismo, dos sub-mundos e as pessoas que dele fazem parte marginalizados por todo corpo social, etc.
A escolha do trecho se deve à presença da forte e super significante abertura de autoria do brilhante artista plástico Tunga e a belíssima música composta pelo amigo Francis Hime especialmente para esta história, e que carrega o mesmo título.
E por falar nisso Francis Hime lançou bem recentemente um CD dedicado às trilhas sonoras que produziu para o cinema brasileiro. No qual está presente não só a “Marcados para viver” como também outras belíssimas canções que com certeza eu recomendo e aguardo em breve o DVD!


3 comentários:

  1. teu blog esta ficando o maximo.
    cada vez melhor, mesmo!
    parabens pra vc e pra ana laura.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. ROSARIO NASCIMENTO E SILVA23 de fevereiro de 2010 16:59

    AMOR,OBRIGADA POR NÓS 2 ,MAS VOCE ESTÁ ESQUECENDO DO Caio,sem ele nada seria possivel Beijos ROSARIO

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo filme. Você tem a previsão de quando será lançado em DVD

    ResponderExcluir