13 de fev de 2010

Coisas

As coisas não são simplesmente coisas. Elas sentem, respiram, falam...

Você olha uma cadeira e pensa: e daí?! É só uma cadeira. E esquece que ela tem vida própria.

Por isso que a noite, tudo mais quieto, é que elas conversam...

É por isso também, que quando uma coisa desaparece você não entende. Cadê a caneta com a qual eu acabei de escrever? E esquece que como ela tem vida própria, quis passar essa vida longe de você e fugiu...

5 comentários:

  1. NUNCA PENSEI NAS COISAS SOB ESTE PONTO DE VISTA SUPER INTERESSANTE E CRIATIVO MARIA LUCIA MENDES

    ResponderExcluir
  2. Amei.....eu que tenho mania de perder coisas!

    Mabel

    ResponderExcluir