11 de ago de 2010

RECADO DO ZÉ

Rosario, minha recomendação é para que você veja um filme (em DVD Lume) que é uma obra prima monstruosa, capaz de provocar as reações mais diversas: entre os críticos alguns adoram outros odeiam e nenhum fica indiferente. É Eva, de Joseph Losey, sobre as relações homem/mulher, tema surrado mas nunca esgotado em inúmeros filmes. Neste ele é o eixo de uma história sobre um escritor casado envolvido com o mundo do cinema e uma prostituta de alto gabarito (30 mil dólares num fim-de-semana... e não se deve falar em dinheiro), um abutre, disfarçado em gênio da putaria, capaz da mais impiedosa destruição. Jeanne Moreau dispensa uma sofisticada lição de representação para o cinema, criando um personagem que ninguém conseguirá esquecer depois que ver o filme, por mais que tente. A fotografia, em preto e branco, de Gianni di Venanzo descobre uma Veneza apodrecida e bela, nunca antes revelada. Coprodução entre Inglaterra, Itália e França de 1962.
Tchau, P pinheiro

Um comentário:

  1. Teu blog azul está lindo e pacífico.vou tentar pegar no vídeo esse filme da
    Jeanne Moreau que o Zé recomendou
    bjs

    ResponderExcluir